em 23/03/2017 - 21:13

Como educar filhos que sejam emocionalmente felizes!

Como pais, devemos buscar adquirir todo o conhecimento necessário para ajudar nossos filhos





Todos nós desejamos que nossos filhos sejam felizes e que alcancem seu potencial. Porém para criar indivíduos que sejam competentes e bem sucedidos em diferentes áreas da vida é importante ensinar-lhes o mais cedo possível uma importante habilidade: a competência emocional.

 

Em uma entrevista com Patrícia Ellinger, esposa, mãe de seis filhos, ex-professora da Universidade de Brigham Young e enfermeira do hospital Infantil de Utah; ela compartilhou valiosas informações que podem e devem ser aplicadas imediatamente!

 

Para facilitar a transmissão da informação que a Patrícia compartilhou dividi a entrevista em duas partes ou posts.

 

Quando perguntei à Patrícia Ellinger, como podemos ajudar as crianças a serem emocionalmente estáveis e felizes, ela compartilhou que as crianças precisam basicamente de:

“Uma boa estrutura no lar e aprender como expressar seus sentimentos”

 

Patrícia Ellinger me explicou que as crianças não nascem sabendo como reconhecer as diferentes emoções que facilmente os dominam e por isso, é importante ensiná-las desde de cedo a discernir o que estão sentindo. Ela disse que na maioria das vezes quando as crianças não sabem como se expressar, elas se expressarão de formas não verbais. Por exemplo, se elas estão chateadas ou com ciúmes, elas podem fazer birra para compensar a inabilidade de se expressar verbalmente.

 

Como terapeuta, Patrícia ensinou muitas crianças como expressarem seus sentimentos.

 

Como Expressar os Sentimentos:

  • Ensine os sentimentos. Patricia me explicou que em primeiro lugar é necessário que assegurar-se que as crianças compreendem o significado dos sentimentos, já que os sentimentos são muito conceitos bastante abstratos.
  • Dê exemplos. É muito difícil para uma criança especialmente as pequenas entender o significado de alguns sentimentos como o ciúmes e a empatia por isso é importante dar exemplos como: “Ciúmes, é quando uma criança não gosta de dividir a atenção da mãe com o irmão mais novo”.
  • Use fotos ou desenhos para ilustrar os sentimentos. Para uma criança aprender o significado de cada sentimento, Patricia aconselhou a usar um quadro  de sentimentos “Como você se sente?”. Existem muitos modelos disponíveis on-line ou você pode criar o seu próprio modelo com desenhos ou fotos. 
  • Ensine como expressar os sentimentos. Depois que você se certificou que a criança sabe identificar os sentimentos, o próximo passo é ensiná-la como expressá-los. Para ajudar as crianças a expressar e compartilhar o que sentem, Patrícia Ellinger me ensinou a “Fórmula dos Sentimentos”.

 

 

Passos para a Fórmula dos Sentimentos:

 

Fórmula dos Sentimentos

 

Pratique a fórmula dos sentimentos e demonstre empatia. Ao praticar esta fórmula com nossos filhos nós os ajudaremos a expressarem suas emoções e nos dará também a oportunidade de identificar e ajudá-los a resolver problemas que eles estejam passando no momento. Patrícia enfatizou que ao convidar nossos filhos a compartilharem e expressarem seus sentimentos é extremamente importante que demostremos uma empatia sincera e resistamos à tentação de questioná-los.

 

Podemos causar danos e perder a confiança de uma criança se não a permitirmos que expressem seus sentimentos. Quando elas compartilhem seus sentimentos não devemos ser negativos, mas sim mostrar compaixão. ESCUTE e fale frases compreensivas tais como: “Que pena, isso deve ser muito difícil”, ou “Que triste que isso aconteceu”. A criança vai perceber então, que alguém a entende e está disposto a ouvi-la.

 

É bom lembrar que muitas vezes as crianças não sabem comunicar o que se passa dentro delas, como consequência, elas podem demostrar raiva ou podem ficar caladas, mas lembrem que seu comportamento comunica que algo as deixou chateadas ou magoadas.

 

Devemos ensinar nossos filhos a expressarem o que sentem e então ajudá-los a saber como lidar com tais emoções. A habilidade de reconhecer e lidar com os sentimentos ou competência emocional é crucial para desenvolvimento de crianças e adultos emocionalmente estáveis e felizes.

 

"Aprender como canalizar e lidar com as emoções é uma das habilidade mais importante que podemos adquirir na vida."

 

 




Deixe seu comentário


Veja Também

Mais Lidas
Enquete
 Documento sem título


(66) 9604-6757
contato@conexaosorriso.com.br