em 23/03/2017 - 20:31

Quais os motivos mais comuns para não ser contratado?

Veja os principais motivos que podem contribuir para a não contratação de um profissional





Carla Carvalho, assessora de carreira da Catho, explica que são vários os fatores que podem contribuir para a não contratação de um profissional. Em muitos casos, não são fatos isolados que fazem o recrutador desistir de um candidato, mas sim uma série de indicadores avaliados, que somados, favorecem a interpretação de que a contratação não será produtiva ou alinhada à expectativa da empresa. Veja os principais motivos e as dicas da especialista para se dar bem.

 

1- Currículo mal elaborado

Muitos são eliminados já nesta etapa. Este é o cartão de visita do candidato e deve ter uma boa redação e organização para passar uma imagem positiva

2- Treine

Faça testes em frente ao espelho ou peça para alguém avaliar o seu desempenho. Apenas cuidado para não apresentar clichês. Seja autêntico e verdadeiro.

3- Falta de conhecimento

O fator acadêmico é outro ponto de atenção, seja uma especialização na área ou até o domínio de algum idioma pesam como diferenciais na contratação.

4 -Respostas inadequadas

A entrevista costuma ser um dos pontos críticos. Boa parte peca pelo despreparo, nervosismo ou por querer impressionar demais com informações irreais.

5- Mentir

É importante lembrar que o recrutador tem olho clínico e detecta as “mentirinhas” com facilidade. A verdade é crucial e não coloca em xeque o caráter do candidato.

Leia: Busca um emprego? Veja 17 informações inúteis que devem ficar longe do currículo

6- Chegar atrasado

Uma das dicas de erros que devem ser evitados é a questão do atraso. Além de demonstrar falta de organização, contribui para o aumento do nervosismo.

7- Perfil

O foco é de suma importância. Ter um objetivo claro e condizente com a atuação profissional reforça que o candidato detém o perfil para a vaga oferecida

8- Roupas inadequadas

Fique atento ainda ao traje usado na organização. É importante adequar-se ao perfil da empresa. Assim como pesquise sobre a companhia e seu segmento.

9- Desatualização profissional

Em um mundo globalizado, manter-se atualizado é fundamental. As empresas preferem profissionais antenados com as tendências e ferramentas novas.

10- Falar mal

Outra coisa importante é não falar mal da antiga empresa ou chefe. Não é ético, soa negativo e pode passar uma imagem de desequilíbrio emocional.

Fonte: Yahoo

 




Deixe seu comentário


Veja Também

Mais Lidas
Enquete
 Documento sem título


(66) 9604-6757
contato@conexaosorriso.com.br